Business2Gether
Pesquisar
Close this search box.

Pesquisa revela o panorama da presença da Mulher no Mercado de Câmbio

Imagem de mulheres trabalhando juntas, que ilustra a pesquisa da B2Gether que mostra dados sobre a presença da mulher no mercado de câmbio.

O estudo foi realizado em parceria entre a B2Gether e a Abracam. Confira, a seguir, os dados sobre a presença da mulher no mercado de câmbio!

Março é o mês que marca a luta histórica das mulheres por mais direitos e igualdade. Considerando a relevância desse período, decidimos nos juntar à Associação Brasileira de Câmbio (Abracam) em um projeto piloto, experimental, mas muito importante: fazer um levantamento de dados sobre a presença da mulher no mercado de câmbio brasileiro.

Trata-se de uma pesquisa inédita, que pode representar um marco inicial para analisar o status quo do setor cambial brasileiro em relação à representatividade de gênero e o quanto a presença feminina pode crescer ao longo dos anos.

O mercado de câmbio é um dos pilares do sistema financeiro do país e, por isso, essa pesquisa não é somente da B2Gether e da Abracam. É de todas as instituições que atuam no setor monetário.

Agora, vamos à pesquisa!

Sumário

Metodologia: Como a pesquisa foi realizada?

Desenvolvida em parceria pelos departamentos de comunicação e marketing da B2Gether e da Abracam, a pesquisa tem um caráter estimativo e um mote exploratório.

O levantamento engloba o universo do câmbio, no âmbito do quadro de 97 instituições e empresas financeiras associadas da Abracam. 

Como se trata de um projeto piloto, conseguimos consultar 11,3% das organizações associadas da entidade.

Dessa forma, a análise utiliza como amostragem o total de 691 profissionais de câmbio, dos CEOs aos operadores.

Por meio da Abracam, encaminhamos um formulário com 8 perguntas objetivas às empresas, com a finalidade de traçar um panorama da participação da mulher no mercado de câmbio.

Esse foi o caminho para conseguirmos os dados que apresentamos a você neste artigo.

Mulheres são minoria nos cargos de liderança no mercado de câmbio

Embora a maior parte das empresas (90,9%) tenha informado que há mulheres ocupando cargos de liderança, elas ainda são minoria em comparação com os homens. 

No total, de acordo com a pesquisa, 90% das empresas disseram que os homens são maioria quando o assunto são cargos de liderança.

Os homens também são maioria no quadro total de colaboradores, contabilizando todas as empresas consultadas: 53% contra 47%.

Mulheres no comando do câmbio

Outro dado interessante obtido pela pesquisa diz respeito à participação das mulheres em posições de proprietária, presidente ou CEO dessas empresas especializadas em câmbio.

Segundo os dados, 45,4% das empresas consultadas têm mulheres nesse tipo de posição. 

Políticas para aumentar a representatividade feminina nos cargos de liderança

A maioria das empresas não têm políticas para aumentar a representatividade feminina nos cargos de liderança. É o que o levantamento mostra de forma bem objetiva. 

Apenas 9% das organizações consultadas informaram ter alguma iniciativa estratégica para fomentar uma maior presença de mulheres em cargos de liderança.

Os dados da nossa pesquisa, apesar de terem caráter exploratório e fazerem parte de um projeto piloto, encontram fundamento em outros levantamentos realizados no mercado financeiro.

Segundo um estudo feito pela Fesa Group, consultoria de Recursos Humanos, as mulheres ocupam apenas 34% dos cargos de C-Level em instituições financeiras no país. 

Análise da nossa CEO, Janaina Assis

Para a sócia-fundadora e CEO da B2Gether, Janaina Assis, a pesquisa reflete bem a realidade do mercado financeiro em geral com relação à presença das mulheres e destaca que houve uma evolução muito grande ao longo dos anos.

“Trabalho há mais de 17 anos no mercado de câmbio e posso garantir que esses dados trazem um bom panorama sobre a participação feminina nas empresas, principalmente nos cargos de liderança. Por mais que ainda sejamos minoria, atuamos em um número muito maior do que antes e eu preciso enfatizar que houve, sim, uma evolução”, pontua Janaina.

“Precisamos melhorar muito ainda e vejo que há mais espaço para as mulheres ocuparem. Mas hoje, nós temos mais mulheres liderando, mais mulheres em cargos de gerência, mais mulheres empreendendo. Temos muitos casos assim no câmbio e eu sou apenas um dos exemplos. A própria presidente da Abracam é mulher. Nós somos competentes e, felizmente, estamos tendo mais oportunidade de mostrar nosso trabalho e isso é excelente”, conclui a CEO da B2Gether.

Agradecimentos à Abracam

Em nome de todo o time da B2Gether, em especial da Janaina Assis, nós agradecemos à Abracam e à presidente Kelly Massaro pela parceria, por atuar como plataforma para a coleta de dados e nos ajudar a desenvolver essa pesquisa tão relevante.

Desde já desejamos um Feliz Dia da Mulher a todas as mulheres do Brasil, que são verdadeiras heroínas, que trabalham, vencem adversidades e buscam seus sonhos.

Que essa pesquisa sobre a presença da mulher no mercado de câmbio seja apenas um marco inicial e que possamos ver esses dados evoluírem ao longo dos anos.

Compartilhe este Conteúdo

Picture of B2Gether

B2Gether

Somos uma empresa especializada em operações de câmbio, com foco em mass payments, importação e exportação, remessas internacionais, compra de moeda estrangeira para turismo e monetização para criadores de conteúdo online.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Plus loading...