Business2Gether
Pesquisar
Close this search box.

Câmbio no Comércio Exterior: o que é, como funciona e como fazer com economia?

Imagem de embarcações, utilizada para ilustrar como funciona uma operação de câmbio no comércio exterior.

No contexto do comércio exterior, o câmbio é o processo financeiro de conversão da moeda de um país pela moeda de outro país, utilizado para fins de pagamento ou recebimento de negociações que envolvem importações e exportações de produtos ou serviços. Saiba mais neste artigo!

Se sua empresa já trabalha ou vai começar a trabalhar com negociações internacionais, é fundamental você entender as principais informações sobre câmbio no comércio exterior. Isso porque o câmbio, na prática, é o processo responsável pelo pagamento (ou recebimento) dos acordos envolvendo moedas entre países diferentes.

Sei que é um assunto que, a princípio, parece complexo e chato. Mas vou tentar trazer aqui pra você, de um jeito simples e prático, as principais informações sobre as operações de câmbio nas importações e exportações de produtos e serviços. Saber o básico já ajuda você entender o processo, tomar as decisões certas e escolher o melhor parceiro para intermediar sua transação financeira no exterior.

Vem comigo e confira os tópicos que vou abordar neste artigo:

Sumário

Boa leitura!

O que é câmbio no comércio exterior?

No contexto do comércio exterior, o câmbio é o processo financeiro de conversão da moeda de um país pela moeda de outro país, utilizado para fins de pagamento ou recebimento de negociações que envolvem importações e exportações de produtos ou serviços.

Esse trâmite engloba algumas etapas supervisionadas pelo Banco Central (BC), como a contratação do câmbio junto a um agente autorizado, a negociação da transação, a estruturação da operação, a apresentação de documentos comprobatórios e, por fim, a liquidação da transferência.

Por isso, sempre gosto de enfatizar para os meus clientes a importância de estruturar a operação de câmbio no comércio internacional da forma correta, em conformidade com as normas regulatórias.

Quais são os tipos de operações de câmbio no comércio exterior?

Existem diferentes tipos de operações de câmbio no comércio exterior, que envolvem naturezas variadas e específicas. As principais são: importação ou exportação de produtos e serviços, operações de back to back e comércio de mercadoria sem trânsito aduaneiro; pagamento de fretes; pagamentos ou recebimentos de serviços em geral (incluindo pagamentos por patentes, licenças, marcas registradas, entre outros tipos de remessas internacionais).

Inclusive, a B2Gether tem um guia com todos os códigos de classificação das operações de câmbio de comércio exterior, que pode ajudar bastante na hora de indicar, do jeito certo, a finalidade de cada transação.

Modalidades

Com relação às modalidades de pagamento ou recebimento de transferências no comércio internacional, temos também:

  • Pagamentos e recebimentos à vista: quando a transação é realizada depois do despacho dos produtos e antes do desembaraço;
  • Pagamentos e recebimentos a prazo: quando a transação é feita depois do desembaraço dos produtos; e
  • Pagamentos e recebimentos antecipados: quando a transação é executada antes do despacho dos produtos.

Câmbio pronto e câmbio futuro

Já no que se refere à liquidação da operação, preciso ainda citar outras duas modalidades:

  • O câmbio pronto: que é voltado para empresas que precisam fazer a operação e liquidar o valor dela em até dois dias, sem correr risco de crédito; e
  • O câmbio futuro: que é destinado a empresas exportadoras e importadoras que movimentam volumes gigantes de dinheiro nas suas negociações. Esse instrumento foi criado para proteger a rentabilidade e economia das transações diante das oscilações das moedas, travando a taxa do câmbio no ato da contratação.

***

Se quiser conversar com o time de especialistas em câmbio da B2Gether sobre as operações da sua empresa, você pode nos enviar um e-mail para atendimento@business2gether.com.

Qual é a importância do câmbio em uma operação de comércio exterior?

Costumo dizer que o câmbio é um dos principais pilares de uma operação de comércio exterior. Trata-se do processo que viabiliza o envio ou o recebimento de recursos em moeda estrangeira. Por isso, deve ser tratado com muito cuidado e expertise.

Uma transação cambial envolve, por si só, uma série de riscos fiscais, contábeis, financeiros e jurídicos. O câmbio é tão relevante que ele pode tanto enriquecer quanto prejudicar o caixa da empresa.

Aliás, por falar nisso, preciso abordar com você outro tópico essencial: a taxa de câmbio (que nada mais é o preço de uma moeda estrangeira).

Qual é a função da taxa de câmbio no comércio internacional?

A função da taxa de câmbio no comércio exterior consiste em precificar as transações em moeda estrangeira. Ou seja, se uma empresa brasileira importa uma matéria prima de uma empresa nos Estados Unidos, o pagamento da negociação será realizado em dólar. Ocorre que o preço do dólar (isto é, a taxa cambial) oscila o tempo todo, variando dentro de uma média normalmente prevista pelo mercado.

Em geral, as taxas de câmbio no comércio exterior são influenciadas por uma série de fatores, incluindo oferta e demanda de moedas, políticas econômicas e eventos globais, como crises econômicas em países desenvolvidos e guerras. Outro fator que sempre está em pauta para a formação da taxa do câmbio é a política monetária do Federal Reserve (o banco central norte-americano) e do Banco Central do Brasil. O diferencial de juros entre Estados Unidos e Brasil tem boa influência sobre o preço do dólar no nosso país. A lógica é a seguinte: quanto maior é a taxa de juros brasileira em comparação com a norte-americana, melhor para o real.

Como as flutuações cambiais podem impactar as transações internacionais?

Esse tópico é fundamental para a economia das empresas. Isso porque as variações cambiais impactam diretamente o caixa dos negócios que fazem transferências internacionais. Utilizando aqui o dólar como exemplo (uma vez que a moeda é referência nas negociações internacionais, mas poderia ser o euro também), temos dois cenários distintos:

  • No caso das empresas que fazem pagamentos internacionais, quanto mais a cotação do dólar varia para cima, mais reais ela precisa desembolsar para adquirir o lote de um produto. Por outro lado, quando a taxa cai, maior é a economia para a compra do mesmo produto no exterior;
  • Já no caso das empresas que recebem pagamentos internacionais, ocorre o contrário: quanto mais a cotação do dólar oscila para cima, mais reais cai na conta referente à venda de produtos ou serviços. No entanto, quando a moeda norte-americana se desvaloriza ante o real, o lucro cambial é reduzido.

Protegendo o caixa da empresa

Em todos os casos, para proteger a economia e os ganhos em uma transação internacional, é muito importante contar com o suporte de uma assessoria cambial especializada para elaborar a melhor estratégia e adotar uma abordagem proativa para gerenciar os riscos cambiais. É o que fazemos todos os dias aqui na B2Gether.  

Utilizamos diversos instrumentos financeiros disponíveis no mercado para minimizar os riscos, proteger o ativo da empresa e oferecer mais estabilidade e previsibilidade às transações internacionais.

Imagem de dólares que exemplificam uma transação de câmbio no comércio exterior.

Qual é a melhor estratégia para minimizar o risco cambial?

É muito difícil trabalhar com os riscos cambiais, mas essa situação faz parte do nosso mercado e estamos muito acostumados com isso. A meu ver, as melhores estratégias para minimizar as perdas é monitorar as tendências do mercado e trabalhar com boas opções de hedge cambial (quando for apropriado).

Uma outra excelente escolha é ter uma empresa de câmbio parceira para ajudar você a tomar as decisões, para intermediar o negócio com o banco e estruturar suas operações. Fazemos isso aqui na B2Gether com o custo zero para as empresas que fecham o câmbio conosco.

Além disso, conseguimos as melhores condições para os nossos clientes e os menores spreads do mercado. O spread cambial é, inclusive, outro assunto muito importante você entender.

Quais são os documentos essenciais para realizar uma operação de câmbio no comércio exterior?

Os documentos necessários para fechar o câmbio no comércio internacional varia de acordo com cada tipo de operação. Deve ser analisado caso a caso e cada instituição financeira, sobretudo os bancos, exige uma lista específica. O Novo Marco Cambial conferiu mais autonomia para os bancos selecionarem os documentos comprobatórios para uma operação cambial, analisando sempre os riscos e os volumes de cada transação.

Mas posso citar aqui alguns dos documentos essenciais em uma operação de câmbio de comércio exterior, como a Invoice (espécie de fatura comercial ou nota fiscal que formaliza transações internacionais), a declaração de importação (DI/Duimp) ou exportação (DU-E), romaneio de carga (também chamado de Packing List), comprovante de endereço, contrato social, balanço das operações financeiras, entre outros.

No caso de operações de câmbio de exportação que envolvem serviços cambiais como ACC (Adiantamento sobre Contrato de Câmbio) e ACE (Adiantamento sobre Cambiais Entregues), outros documentos podem ser solicitados, como a comprovação de embarque, por exemplo.

Como garantir que a documentação esteja em conformidade com a regulamentação cambial?

Na minha visão, a forma de garantir que a documentação esteja correta em termos regulatórios é fechar o câmbio com instituições sérias, autorizadas e supervisionadas pelo Banco Central. Vale a pena também fechar o câmbio com correspondentes cambiais especializados, que ficam responsáveis pelo assessoramento e pela intermediação da sua operação.

Caso queira entender melhor como a B2Gether pode ajudar você nessa missão, clique no botão abaixo e fale com nosso time de analistas!

Como a B2Gether pode ajudar minha empresa nas operações de comércio exterior?

No que se refere ao câmbio no comércio exterior, a B2Gether pode ajudar sua empresa em todas as fases do processo, da estruturação à liquidação da operação.

Pagamentos internacionais nas importações

Nas importações, trabalhamos com métodos eficientes, ágeis e seguros, buscando os melhores serviços de acordo com a realidade e necessidade do seu negócio. Além disso, temos diferentes bancos parceiros, por meio dos quais conseguimos reduzir os custos da transação com spreads mais atrativos, minimizando as taxas relativas à conversão da moeda estrangeira.

Recebimentos internacionais nas exportações

Trabalhamos da mesma forma nas exportações: utilizando métodos, estratégias e serviços que garantem eficiência, segurança e agilidade ao processo cambial. Conseguimos, também, reduzir os custos inerentes à operação de câmbio, com spreads de atacado, para rentabilizar melhor a transação (para que mais dólares ou euros caiam na conta na conversão).

Destaco ainda nossa consultoria cambial (que é gratuita para as empresas que fecham o câmbio conosco), que dá suporte na estruturação dos documentos, que auxiliam nas tomadas de decisão com base nas análises de mercado e ajuda a escolher estratégias de hedge cambial para proteger e maximizar a rentabilidade.

Feche seu câmbio com a B2Gether!

Chegamos ao fim do guia e espero que as informações que eu trouxe aqui sejam úteis para você. Espero ter conseguido passar tudo de um jeito simples e fácil de entender. Me perdoe se alguns momentos utilizei algum termo técnico e se não consegui explicar direito. Desde já, eu e minha equipe da B2Gether nos colocamos à disposição para ajudar você a estruturar e fechar sua operação de câmbio no comércio exterior da melhor forma e com o menor custo.

Para esclarecer alguma dúvida, solicitar qualquer informação ou agendar uma reunião conosco, preencha o formulário abaixo! Até a próxima.

Compartilhe este Conteúdo

Janaina Assis

Janaina Assis

Janaina Assis é sócia-fundadora e CEO da B2Gether, empresa especializada em operações de câmbio e pagamentos em massa. Com mais de 15 de anos no mercado de câmbio, ela desenvolveu uma sólida carreira na área, passando pelas maiores instituições de câmbio do Brasil e atuando com soluções cambiais para empresas e pessoas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Plus loading...