Confira o resumo e as fotos da participação da B2Gether no Evolve 2023, em São Paulo

Diego Zia participando do Evolve 2023 como palestrante.

A B2Gether patrocinou o Evolve 2023, um dos maiores eventos de pagamentos internacionais da América Latina, levando soluções em câmbio para facilitadoras de pagamentos, remessadoras, agregadores e demais prestadores de serviços de eFX. Confira o resumo e as fotos da nossa participação na conferência a seguir!

Quem segue nossas páginas no Instagram e no LinkedIn conseguiu acompanhar a cobertura da participação da B2Gether no Evolve 2023, um dos maiores eventos de pagamentos internacionais da América Latina, organizado pela Associação Brasileira de Câmbio (Abracam) e a International Association of Money Transfer Networks (IAMTN).

Mas se você não nos segue ainda e, portanto, não viu os vídeos e fotos que publicamos nas redes ao longo da conferência, que ocorreu entre os dias 22 e 23 de agosto em São Paulo, continue a leitura e confira um resumo de tudo o que aconteceu.

B2Gether no Evolve 2023: patrocínio e networking

A B2Gether foi uma das empresas patrocinadoras do Evolve 2023, ao lado de outras grandes instituições financeiras nacionais e internacionais. O patrocínio nos deu direito a um stand. Nele, recebemos dezenas de visitas de outras empresas interessadas em saber mais sobre as nossas soluções em câmbio, fizemos reuniões e distribuímos brindes.

Conversamos com representantes de facilitadoras de pagamentos internacionais, de remessadoras e de outros players de pagamentos que atuam como prestadores de serviços de eFX no Brasil e no exterior.

Também trocamos informações com bancos, corretoras, fintechs e instituições de pagamentos que marcaram presença. Inclusive, se você não conseguiu ir à conferência, mas gostaria de conversar com a nossa equipe para conhecer melhor os nossos serviços, entre em contato conosco agora mesmo.

Painel com Sérgio Moro

Um dos convidados para participar do Evolve 2023 foi o senador e ex-juiz federal Sérgio Moro. Em uma entrevista muito dinâmica conduzida pela presidente da Abracam, Kelly Massaro, Moro expôs sua visão sobre compliance e práticas para prevenir lavagem de dinheiro no contexto das transações financeiras globais.

Entre os pontos abordados por ele, se destacou a contextualização do crescimento do compliance no Brasil. Segundo o senador, foi em meados de 2014 que as empresas passaram a criar efetivamente departamentos de compliance e a se interessar mais em prevenir riscos, muito em função da operação Lava-Jato, que investigava casos de corrupção envolvendo entes dos setores público e privado.

Para ele, um dos grandes desafios das empresas na atual conjuntura é tornar os departamentos de compliance mais efetivos e menos teóricos. Ou seja, dar mais espaço para que eles atuem com autonomia e não sucumbam às hierarquias.

Painel com Diego Zia, CEO da B2Gether

O sócio-fundador e CEO da B2Gether, Diego Zia, também foi um dos painelistas do Evolve 2023. Ele participou do painel que abordou como as novas tecnologias impactam os novos modelos de negócio nos mercados de câmbio e pagamentos internacionais.

Em resumo, Zia destacou os seguintes pontos:

  • Os mercados de pagamentos internacionais e de câmbio são diretamente impactados pelos constantes avanços tecnológicos. A tecnologia não só facilita os processos para os clientes em geral, como gera novas oportunidades de negócios. Assim, surgem novos players que precisam fechar câmbio, a exemplo dos influenciadores digitais que monetizam em dólar e os profissionais que moram no Brasil e trabalham para empresas situadas no exterior. É um desafio compreender esses públicos e suas dores. Muitos deles nunca tinham operado câmbio antes e, de repente, passaram a receber o pagamento do YouTube em dólar, por exemplo. É necessário entender as dificuldades desses públicos e disponibilizar processos simplificados, ágeis, com um impecável user experience.
  • Atualmente, tudo está muito rápido e as pessoas têm cada vez menos paciência. É natural que os pagamentos cross border necessitem ser acelerados também e o Pix é um grande case de sucesso. As remessadoras de pagamentos já realizam há algum tempo esse trabalho de acelerar pagamentos entre países, por exemplo: de estrangeiros que estão no Brasil e precisam enviar dinheiro para a sua família no exterior de forma rápida. É bem provável que o Pix internacional atuará nessa perspectiva.
  • Nesse sentido, é crucial que as empresas que trabalham com câmbio e remessas internacionais integrem três setores essenciais: comercial, compliance e tecnologia (TI). Eles precisam caminhar juntos. Não podem ser segregados. Nesse momento de evolução tecnológica e transformação digital contínua, é fundamental que as pessoas e as empresas como um todo evoluam também. Não adianta implementar novas tecnologias apenas, é necessário preparar a mentalidade dos profissionais para essas mudanças.

***

Zia também apresentou a B2Gether no evento:

  • A B2Gether é uma empresa especializada em intermediação de operações de câmbio e consultoria, oferecendo soluções para mass payments, facilitação de pagamentos, remessas internacionais, agregadores de pagamento, importação e exportação, monetização de influencers, entre outras.
  • O principal diferencial da B2Gether é ser uma empresa formada por especialistas em pessoas que fazem câmbio. Estamos em constante atualização e aprendizado para acompanhar as novas tecnologias, disrupções do mercado e, dessa forma, ofertar as melhores soluções aos clientes.

Painéis do Evolve 2023: criptoativos, Drex, Pix, jogos e apostas, e-commerce, mercado de pagamentos e muito mais 

O conteúdo foi, sem dúvidas, o principal ativo do Evolve 2023. Com uma programação robusta e variada, o evento foi palco de grandes discussões de temas relevantes e contemporâneos.

Especialistas importantes do mercado, do Banco Central, do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e de outras organizações contribuíram com análises, depoimentos e opiniões a respeito do pilar da conferência: os avanços e os desafios do setor de pagamentos internacionais na era digital.

Separamos aqui mais alguns tópicos principais pra você.

Criptoativos e transformação digital

Logo na abertura, os painelistas convidados falaram sobre transformação digital e criptoativos. Debateram o papel que esses dois “fenômenos” desempenham na construção do futuro do setor bancário e de pagamentos no Brasil.

Afinal, em um mundo cada vez mais digital e com o surgimento acelerado de novas tecnologias, podemos dizer que o mercado, junto com todos os seus players, passa por uma constante crise. Não uma crise decorrente de falta de recursos. Mas sim de perspectiva incerta e de previsibilidade.

O painel deu ênfase a essas e outras questões, como a necessidade de as instituições financeiras acompanharem as transformações para se manterem competitivas, melhorando as experiências dos clientes, expandindo canais digitais, qualificando o processamento e análise de dados e fortalecendo a cibersegurança.

Evolve 2023.

Drex (o novo Real Digital do Brasil) e Pix internacional

Quando o assunto é moeda digital, temos uma certeza e muitas dúvidas. A certeza é que os ativos digitais, sobretudo as CBDCs (moedas digitais emitidas por Bancos Centrais), devem ditar o futuro do setor financeiro como um todo. Haja vista o exemplo do Pix, que se consolidou rapidamente e revolucionou o mercado. É muito provável que o Drex siga o mesmo caminho. Já as dúvidas referem-se a como as moedas digitais lidarão frente à cadeia formada por operadores financeiros de pagamentos, instituições de câmbio, transações de comércio exterior, bolsa de valores, entre outros.

Ou seja, como tudo isso vai funcionar nesse novo contexto? Será que as moedas digitais permitirão que surja uma espécie de Pix internacional, em que as transações cross border sejam realizadas de forma instantânea? Mas como viabilizar esse processo imediato conciliando com as práticas de compliance e Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD)? Como as instituições financeiras e de pagamentos vão se sustentar nesse novo cenário?

Esses foram alguns dos principais pontos abordados nos painéis sobre Drex e Pix.

Jogos e Apostas esportivas

A Medida Provisória (MP) 1.182 regulamentou o mercado de apostas esportivas no Brasil. Esse setor sofreu um boom nos últimos anos no país e, com ele, apareceram diversos players.

Para a economia, a regulamentação é positiva, uma vez que confere mais segurança jurídica a todas as partes envolvidas nesse universo. Para as empresas do mercado, incluindo as instituições, os meios de pagamento e o câmbio, ficam os desafios de lidar com as exigências de enquadramento e de prevenção de práticas de lavagem de dinheiro.

De todo modo, é inegável que o nicho de jogos e apostas criam muitas oportunidades de novas modalidades de negócios. O assunto foi abordado no painel que encerrou o ciclo de debates do primeiro dia do Evolve 2023.

Evolve 2023.

E-commerce e facilitação de pagamentos internacionais

Qual será o futuro do e-commerce e dos pagamentos internacionais no mundo? Quais são os desafios para as empresas de facilitação de pagamentos no contexto de aumento da digitalização, para promover remessas cross border mais rápidas, transparentes e econômicas? Diferentes painéis abordaram esses assuntos também.

O fato é que as fronteiras estão cada vez mais próximas quando o assunto é comércio internacional. E quando falamos desse assunto no contexto digital, não tem como deixar de fora o e-commerce, que vem crescendo exponencialmente desde o surgimento da pandemia de Covid-19. Nos painéis, os especialistas exploraram bastante as disrupções no mercado de pagamentos e as oportunidades para novos modelos de negócio no cenário de remessas.

Evolve 2023.

A programação completa do evento você encontra no outro post que produzimos sobre o Evolve 2023. Esse foi o nosso resumo do evento. Esperamos que você tenha gostado. Para saber mais sobre a participação da B2Gether na conferência ou falar com a nossa equipe, preencha o formulário abaixo e aguarde o nosso retorno (que é bem rapidinho).

Compartilhe este Conteúdo

Picture of B2Gether

B2Gether

Somos uma empresa especializada em operações de câmbio, com foco em mass payments, importação e exportação, remessas internacionais, compra de moeda estrangeira para turismo e monetização para criadores de conteúdo online.

Comentários

Deixe um comentário